E-mail marketing não é Spam

E-mail marketing não é Spam

Já ouviu alguém que não entende do assunto falar que e-mail marketing é spam? Pois, após ler esse conteúdo, você poderá explicar o porquê o e-mail marketing NÃO é spam. E tem mais, ele simplesmente é a maior estratégia de marketing que temos atualmente. O seu alcance é bastante alto, além de poder ser utilizado para diversas funcionalidades – como entrar em contato para saber sobre a satisfação do cliente, oferecer bônus e descontos e muito mais.

Se você ainda tinha dúvidas quanto ao uso do e-mail marketing, depois de ler o nosso post você já começará a produzir os seus. Afinal, essa interação entre cliente e empresa é importante para o sucesso de um empreendimento – principalmente para aqueles que estão começando agora.

Então, vamos entender melhor o que é o e-mail marketing e o por que ele não é spam. Confira.

E-mail marketing não é spam

Isso mesmo, e-mail marketing não é spam. Se trata de uma das formas de comunicação mais importantes para interagir com o seu cliente. Mas, o que é e-mail marketing?

O que é e-mail marketing?

O marketing por e-mail é um canal de marketing poderoso, uma forma de marketing direto e marketing digital, que usa o e-mail para promover os produtos ou serviços da sua empresa.

Ele pode ajudar a conscientizar seus clientes sobre seus itens ou ofertas mais recentes, integrando-os aos seus esforços de automação de marketing. Ele também pode desempenhar um papel fundamental em sua estratégia de marketing com geração de leads, reconhecimento da marca, desenvolvimento de relacionamentos ou para manter os clientes envolvidos entre as compras por meio de diferentes tipos de e-mails de marketing.

Chamamos de marketing direto aquele que é feito para um público específico, ou seja, já tem determinado seu público-alvo e a persona. Assim, eles estarão entrando em contato com pessoas que possuem o potencial de se tornarem clientes ou até mesmo que já são. Por isso é conhecido como marketing direto, pois é direcionado diretamente para esse público.

Continuando a falar de e-mail marketing, agora já sabemos que ele é feito para um público já pré-determinado, certo? Através dele é possível ter uma conexão direta entre empresa e cliente – o que abre um leque de possibilidades.

Por que o e-mail marketing ainda é importante?

E mail marketing nao e Spam 1
𝘍𝘰𝘯𝘵𝘦: 𝘤𝘢𝘯𝘷𝘢.𝘤𝘰𝘮

O número de usuários do e-mail pelo mundo já ultrapassa os 4 bilhões de pessoas. Trata-se de um número considerável de usuários recebendo e-mails diariamente. E apesar de ser uma das formas de comunicação mais antigas dentre as que utilizamos hoje em dia, ela continua sendo uma das mais importantes para o marketing.

Para tudo que fazemos, seja através da internet ou fora dela, em algum momento um e-mail é solicitado. Seja para realizar um cadastro, oferecer mais uma opção de contato, realizar uma compra, dentre outros.

Isso mostra que todas as empresas e prestadores de serviços buscam ter o e-mail do cliente como uma opção de contato. Sabe por quê? Pois é através deles que eles irão procurar saber mais sobre a experiência do cliente, oferecer outros produtos e serviços, descontos, etc.

Ou seja, utilizamos o e-mail marketing para nos mantermos presentes na vida do cliente. Esse contato é relevante e pode gerar bons resultados. Até porque, quem nunca aproveitou uma promoção que viu em um e-mail?

Hoje, o e-mail marketing é a principal estratégia de marketing que temos.

Pós-venda utilizando o e-mail marketing

O e-mail é uma das ferramentas disponíveis para realizar o pós-venda com seus clientes. Apesar de muitos deixarem esse momento de lado, se trata de uma das etapas mais importantes do processo de vendas.

Com o e-mail marketing é possível realizar a pesquisa de satisfação, oferecer um atendimento caso seja necessário e, claro, oferecer descontos e ofertas exclusivas por ele ter feito negócio com a empresa em questão.

Vamos dar um exemplo:

Digamos que você tenha comprado um infoproduto em um determinado site. Após a compra desse infoproduto, um curso para aprender a fazer brigadeiro gourmet, você recebe um e-mail lhe parabenizando pela compra e, junto, um e-book com diversas receitas novas de brigadeiro e outros doces.

Ou seja, essa empresa decidiu que oferecer um produto extra ao cliente seria uma boa estratégia. E através do e-mail ele recebeu esse presente. Bacana, não é?

Tipos de e-mails mais utilizados

E para melhorar ainda mais a experiência do cliente, existem diversos tipos de e-mail marketing que podem ser utilizados – de acordo com o formato e a necessidade do momento. Por exemplo, e-mails promocionais, pesquisas, e-mails editoriais, newsletter, fluxos de nutrição e muito mais. Abaixo, explicamos melhor alguns desses tipos de e-mail marketing.

Newsletter

A News é, como o nome já diz, um jornal digital. Através do e-mail marketing estará sendo oferecido um conteúdo completo de acordo com o nicho de mercado. Por exemplo, se você tem um blog sobre marketing digital, que tal criar uma newsletter falando sobre os principais assuntos dentro desse tema e enriquecer ainda mais o conhecimento do seu leitor?

Fluxo de nutrição

O fluxo de nutrição se trata de uma série de e-mails que são disparados automaticamente após serem programados. Geralmente, são utilizados para fazer com que o usuário passe por algumas etapas e chegue na etapa final para a realização de uma determinada ação – definida por quem está enviando os e-mails.

Pesquisas

Lembra que falamos sobre as pesquisas de satisfação? Pois bem, se trata de uma das opções de formatos de e-mail. Através dessa opção você poderá realizar diversas pesquisas, seja para um novo produto, para entender o que o seu cliente mais gosta, etc. Essa opção pode ser muito bem utilizada por quem está no começo do empreendimento e precisa entender melhor o que o público está buscando.

Conclusão

O e-mail marketing é uma ferramenta que, se bem utilizada, pode acarretar em grandes resultados. Mas, tenha cuidado. Existem regras que devem ser levadas em consideração, como seguir a regra de autorização para o envio de e-mails – o cliente precisa aceitar receber os e-mails.

Agora que você já conhece melhor essa opção de comunicação no marketing, certamente irá começar a investir no e-mail para se comunicar com seus clientes – incluindo o pós-venda.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos e familiares para que todos possam entender que o e-mail marketing não é spam, muito pelo contrário.

Entre em contato  ideiasantenadas.com

E mail marketing nao e Spam

Sou Luiz Moura, Consultor Digital, Gestor de Processos Gerenciais, Especialista em Marketing, Analista de Tecnologia da Informação, Mestrando em Marketing Digital e E-commerce, Pós-graduando em Cloud Computing, Segurança de Dados e Tecnologia, Auxilio Empreendedores e Pequenas Empresas em Projetos de Transformação Digital.

Comments are closed.