Marketing Médico - Ideias Antenadas
Marketing Médico

 

A importância do marketing digital na saúde.

Mesmo com tantas mudanças estruturais sendo cada vez mais observadas no mercado da saúde, é comum vários profissionais argumentarem que sempre fizeram as coisas de uma mesma maneira desde que saíram da faculdade e sempre deu certo.  A transformação que o mundo está sofrendo é muito rápida e quem não se adequar a ela e não se fizer presente nas mídias sociais está fadado a estagnar ou mesmo ser atropelado pelo mercado e sua concorrência.

Temos certeza que isso não seria uma boa para nenhum profissional da saúde, afinal são anos de estudos e muitos gastos para se perderem, ou mesmo, para não serem repassados para as pessoas.

Durante muitos anos se associou o marketing digital a “algo” não aplicável ao mercado da saúde.  Atualmente o marketing digital está presente no dia-a-dia de todos os segmentos de estabelecimentos de saúde, o que facilita o seu desenvolvimento.  Kotler diz que toda empresa que alcança o sucesso tem como característica estar comprometida com uma série de princípios básicos de marketing. O marketing afeta a vida de todos. É o meio pelo qual um padrão de vida é desenvolvido e apropriado pelas pessoas.

Existe uma enorme confusão entre os conceitos de marketing e vendas. O de marketing está associado a várias atividades planejadas para identificar e satisfazer as necessidades do consumidor e ao mesmo tempo atingir os objetivos da empresa, que é vender sem vender. A parte mais importante do marketing não é vender. Na verdade, se produtos e serviços apropriados forem oferecidos, cobrados, distribuídos e promovidos de forma correta, eles serão facilmente vendidos.

 Segundo Bittar, o marketing na saúde ainda é pouco desenvolvido, em comparação às indústrias de bens de consumo, porém o serviço prestado na área tem uma resposta imediata por parte do consumidor e estabelece uma relação mais forte, uma vez que é produzido e consumido quase ao mesmo tempo.

 Ainda há uma grande resistência ao marketing digital na área da saúde. O que precisa mudar é esta visão, salientando que o marketing de saúdenão é um estimulador ou direcionador de demanda, mas um orientador de qualidade de vida, de qualidade de assistência, levando o produto ao melhor uso e à clientela mais segurança. Qual profissional não gostaria de ter uma clientela mais fiel e segura com seu trabalho?

O profissional da saúde deve utilizar o marketing como um disciplinador de qualidade, exercendo o controle e desenvolvendo técnicas de aprimoramento de serviços e de satisfação de necessidades (prevenção de doenças, restauração de saúde, reabilitação, medicina preventiva etc.) e conforto no atendimento dessas necessidades.

O marketing digital se desenvolve com estratégias cuidadosamente formuladas, e não somente em ações aleatórias para atingir as respostas desejadas. Ele antecede qualquer tipo de venda e se manifesta em programas e planos que foram cuidadosamente formulados. O marketing digital busca formular uma série de benefícios para o mercado-alvo (nicho), de atrativos suficientes para se despertar o interesse do paciente (público alvo).

O profissional da área da saúde deve utilizar o marketing digital e suas técnicas para prestar um melhor serviço e desenvolver um relacionamento com seu cliente (paciente), podendo, assim, melhorar seus resultados financeiros.  Atualmente, o marketing digital afeta a vida de todos e é reconhecido hoje como uma função necessária para qualquer profissional que queira se diferenciar.

 Para encontrar profissionais de saúde hoje em dia é bem diferente do que acontecia algum tempo atrás.  A busca na internet está substituindo os “livrinhos do convênio”. As redes sociais, sites, blogs ou mesmo aplicativos de marcação de consultas ganharam muita popularidade. Quem hoje em dia não busca informação sobre um determinado profissional nessas mídias sociais? Inclusive os próprios profissionais da saúde também fazem essa busca quando necessitam encontrar outro colega para tratarem ou aprenderem sobre determinados assuntos. Por isso, o posicionamento online é fundamental para crescer e se tornar referência no mercado. Se você não está presente, possivelmente está perdendo lugar para um concorrente e ainda deixando de adquirir um novo cliente. Conforme o tempo foi passando e a tecnologia evoluindo, muitos dos hábitos de consumo mudaram, e com isso a internet se tornou o principal canal de busca e pesquisa pré-compra do mundo.

Há alguns anos, não era difícil ter um consultório repleto de pacientes particulares, apenas com indicações e divulgação boca-a-boca. Com o surgimento de centenas de convênios e o enorme número de profissionais formados a cada ano, a quantidade de clientes particulares diminuiu, tornando necessário aos profissionais recorrerem a diferentes estratégias para se adaptarem a essa nova realidade do mercado. No entanto, por não despertarem para os benefícios que algumas mudanças de atitude podem gerar no consultório, muitos profissionais continuam a não enxergar saídas para alcançar o sucesso.

 Um profissional da saúde pode ser competente, mas se estiver fechado para as novidades na sua volta e/ou resistente às mudanças de mercado não querendo dar um passo além da sua zona de conforto, estará dando um “tiro no pé” e, fatalmente será atropelado pelos colegas que entram em ação para serem reconhecidos no mundo virtual.                    .
Ao contrário do que muitos acreditam,  o Marketing deixou de ser um luxo e se tornou uma peça fundamental para conseguir alavancar um negócio. Especialmente o Marketing Digital.

.

Sobre o Autor