Medicina moderna

Medicina Moderna

Com o avanço da internet e demais tecnologias facilitou muito o acesso à informação. Hoje em dia, entrar no Google e pesquisar sobre algum sintoma é algo muito comum.

Mas, o que ninguém menciona é que essa “medicina moderna” através da internet pode acabar sendo um risco para a saúde do paciente.

Quem nunca ouviu alguma piada que tinha relação com pesquisar um sintoma no Google e “descobrir” que estava com alguma doença grave, não é mesmo?

Infelizmente, esse assunto não deveria estar sendo tratado como uma piada, e sim sendo alertado para os perigos dessa atitude de buscar se auto consultar através da internet.

Para entendermos melhor essa questão, falaremos mais detalhadamente sobre a medicina moderna e a internet nesse artigo. Confira.

Medicina Moderna e a Internet

Quando realizamos a pesquisa do real significado da palavra medicina, temos o seguinte conceito: “conjunto de conhecimentos relativos à manutenção da saúde, bem como à prevenção, tratamento e cura das doenças, traumas e infecções. ”

Ou seja, a medicina é baseada em conhecimento – conhecimento esse que é adquirido durante anos de preparação e estudos por parte daqueles que se tornarão médicos, enfermeiros, cirurgiões, dentre outros profissionais.

Ela existe há milhares de anos e começou com simples rituais de cura (real significado da palavra medicina) com o intuito de ajudar pessoas com doenças graves e demais problemas relacionados à saúde.

E nesses muitos anos de avanços, agora também com a tecnologia ao nosso favor, ela foi se aperfeiçoando e encontrando mais respostas para as doenças do corpo humano.

Mas, infelizmente, essa tecnologia também pode acabar passando uma mensagem errada para aqueles que querem encontrar nela todas as respostas – acreditando que não é mais necessário realizar uma consulta médica para se diagnosticar. E esse é um erro muito comum.

Algo muito comum é a pesquisa rápida no Google, para saber o que os sintomas que estão sendo apresentados podem significar. Mas, a questão é que cada corpo é diferente e existem diversas maneiras de identificar um problema – e muitos podem apresentar sintomas semelhantes.

Ou seja, o Google não é a melhor opção quando temos médicos qualificados e estudados, prontos para prestar seu serviço.

Quais os perigos de se autodiagnosticar pelo Google?

medicina moderna 1

Você já parou para pensar nos riscos que uma simples consulta ao “Dr. Google” pode acabar causando? Só de digitar “dores de cabeça” no campo de busca irão aparecer milhares de páginas sobre o assunto.

E aí, qual delas é uma fonte confiável? Qual deles irá conseguir definir o que sua dor de cabeça significa? É mais complexo olhando dessa forma, não é?

E existem diversos riscos que essa” consulta” pode acabar gerando, por exemplo:

Acreditar que possui algo mais grave do que realmente possa ser

As pesquisas no Google possuem a reputação de assustar seus leitores. Afinal, muitas vezes os sintomas que a pessoa relatou podem ter relação com doenças graves – como o câncer, por exemplo.

Mas, esses sintomas também podem significar algo simples de resolver, e se o paciente tiver se consultado com um médico de verdade não haverá essa dúvida.

Muitos sintomas de diversas doenças e simples infecções e viroses podem ser parecidos, com algumas particularidades. O que acontece é que esse paciente irá chegar ao consultório (de verdade dessa vez) desesperado acreditando que está com alguma doença grave.

Interpretação errônea de exames médicos

Nesses casos, o paciente realizou os exames e decidiu que não iria voltar ao médico para a verificação dos resultados.

Ele decide consultar o Google. Isso é um erro dos grandes e pode custar sua saúde, afinal o médico irá tomar todas as medidas necessárias de acordo com o seu caso em particular e os resultados dos exames.

Para uma pessoa X a pressão alta, por exemplo, pode ser um problema muito mais grave do que para outras, mudando a forma de ser tratado e a rapidez com que deverá ser solucionado o problema.

Ignorar uma doença grave de verdade

Como citamos acima, o paciente pode acabar acreditando que tem algo mais grave do que realmente é, mas, o contrário também pode acontecer. E acontece, muito.

Ele digitou os sintomas no Google e o resultado foi uma simples virose, mas na realidade ele está com algo muito mais grave e que necessita de tratamento.

Ao acreditar no Google, ele irá se auto medicar e poderá acabar no hospital quando não há mais chances de melhoras ou com a possibilidade de viver com sequelas pelo resto da vida.

Automedicação

Infelizmente, a automedicação é mais comum do que deveria ser. Existem pessoas que ingerem remédios diariamente, sem ao menos ter realizado uma consulta para tal ação.

Além de poder estar se medicando para um problema errado, o que acontecerá caso a consulta tenha sido através do “Dr. Google”, eles podem surtir efeitos colaterais, piorar a situação ou até mesmo não surtir efeito algum e só prejudicar sua saúde.

Essa é uma das situações que mais podem fazer com que o paciente corra riscos de vida, pois estará ingerindo uma droga sem recomendação médica e sem realmente entender seus efeitos colaterais.

Por isso, não confie em consultas pelo Google. Sempre procure um médico, afinal com saúde não se brinca.

Conclusão

A medicina é baseada em conhecimento, são muitos anos de estudos para que um profissional receba a permissão para atuar como um médico, enfermeiro, cirurgião, etc.

Além de ser desrespeitoso com esses profissionais, realizar uma consulta através da pesquisa no Google é um risco para a saúde do paciente.

Através dessa atitude muitos erros podem ser cometidos, como a automedicação errônea, falsos diagnósticos (podendo ser para algo mais grave ou mais leve), e muitos outros.

Não cometa esses erros, realize suas consultas apenas com médicos de verdade. Assim, você conseguirá evitar todos esses erros que citamos e, consequentemente, ter uma vida mais saudável.

Realizar consultas periódicas também é uma ótima maneira de se manter em dia com sua saúde.

Qual foi a última vez que você se consultou com um médico?

Não cometa esses erros, realize suas consultas apenas com médicos de verdade. Assim, você conseguirá evitar todos esses erros que citamos e, consequentemente, ter uma vida mais saudável.

Comments are closed.