Os nove fatores de rankeamento do Google

Os nove fatores de rankeamento do Google

Já conhece os nove fatores de rankeamento do Google? Existem mais de 200 fatores de classificação de SEO que ajudam os mecanismos de pesquisa a determinar quais sites devem aparecer nos resultados de pesquisa e como devem ser classificados.

 

Se você deseja que seu site reivindique os melhores lugares nas SERPs (páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa), você precisa otimizar sua presença on-line para levar esses fatores em consideração.

 

A boa notícia é que nem todos os 200 fatores de classificação são criados iguais. Alguns fatores de classificação são mais importantes que outros. Ao planejar sua estratégia de SEO, preste muita atenção a esses 9 fatores que têm maior impacto no ranking.

9 fatores rankeamento google

 

Antes de se aprofundar nos principais fatores de classificação de SEO, é importante observar que esses fatores podem e irão mudar.

9 fatores de rankeamento do Google

Os algoritmos de SEO e classificação do Google estão mudando constantemente. Alguns fatores se tornam mais ou menos importantes e outros são introduzidos ou removidos.

 

É importante manter-se a par dos últimos fatores de rankeamento do Google e usar regularmente uma ferramenta de auditoria de SEO para analisar seu site e garantir que você esteja seguindo as melhores práticas atuais de SEO.

 

Agora, vamos dar uma olhada em como melhorar as classificações de SEO otimizando sua presença on-line para usar 9 fatores importantes de classificação de SEO.

 

  • Segurança do site
  • Habilidade
  • Compatibilidade com dispositivos móveis
  • Velocidade de carregamento da página
  • Engajamento do usuário
  • Conteúdo de alta qualidade
  • O alvo certo
  • Conteúdo otimizado

9 fatores rankeamento google

1. Segurança do site

Já em 2014, o Google mencionou a segurança do site como um fator de classificação. É um dos fatores mais importantes do rankeamento do Google nesta lista. A segurança do site se refere ao uso da criptografia HTTPS. Sites com criptografia HTTPS possuem certificados SSL que criam uma conexão segura entre um site e seus usuários. Ele adiciona uma camada adicional de segurança que protege as informações trocadas entre os usuários e o site.

 

Os mecanismos de pesquisa desejam direcionar os usuários para os sites mais confiáveis, e a criptografia HTTPS informa que um site é seguro. Se o URL do site começar com HTTP, não HTTPS, seu site não é seguro e você deverá adicionar um certificado SSL.

2. Capacidade

Os mecanismos de pesquisa não podem classificar um site se não o encontrarem. É por isso que rastrear o site é um fator de classificação de SEO tão importante. A opção de rastreamento permite que os mecanismos de pesquisa analisem um site e revisem seu conteúdo, para que possam determinar o que é a página e sua classificação.

 

Se você deseja que o Google classifique seu site, permita que os mecanismos de pesquisa o rastreiem corretamente.

 

Envie um mapa do site para os principais mecanismos de pesquisa.

 

Verifique o status do seu índice no console de pesquisa do Google para descobrir o número de páginas rastreadas pelo Google no seu site.

 

Use o arquivo robots.txt corretamente para informar aos mecanismos de pesquisa quais páginas acessar e quais páginas ignorar.

9 fatores rankeamento google

3. Facilidade de uso no celular

A usabilidade móvel refere-se à aparência e ao desempenho de um site quando alguém o exibe em um dispositivo móvel. Sites compatíveis com dispositivos móveis oferecem uma boa experiência do usuário usando um design responsivo que ajusta o conteúdo para ter uma boa aparência, independentemente do tamanho da tela.

 

Como são feitas mais pesquisas em dispositivos móveis do que em computadores de mesa (52,2% do tráfego da Internet vem de dispositivos móveis e seu número está aumentando), a usabilidade de dispositivos móveis é importante para ambos. mecanismos de pesquisa apenas para usuários.

 

Para descobrir se seu site é responsivo, envie-o para o teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google. Ele relatará qualquer problema com a versão móvel do seu site.

4. Velocidade de carregamento da página

Outro fator de classificação de SEO relacionado à experiência do usuário é a velocidade de carregamento da página. Sites de carregamento lento oferecem uma experiência ruim ao usuário.

 

Os mecanismos de pesquisa sabem que os usuários desejam encontrar as respostas o mais rápido possível.

 

Portanto, eles preferem exibir sites que carregam rapidamente para os usuários. Isso é ainda mais verdadeiro para sites para celular, pois o Google anunciou que sua atualização rápida tornará a velocidade de carregamento um fator de classificação nas pesquisas para celular.

 

Para garantir que seu site seja carregado rapidamente, use um verificador de velocidade do site. Experimente a ferramenta de análise de velocidade da Alexa, que faz parte da nossa abrangente ferramenta de auditoria do site ou do Google PageSpeed ​​Insights.

9 fatores rankeamento google

Se o site estiver lento, acelere-o implementando o cache do site, compactando arquivos, reduzindo o número de redirecionamentos e tomando outras medidas para acelerar o tempo de carregamento.

5. Engajamento do usuário

Os mecanismos de pesquisa recorrem aos usuários para ajudá-los a determinar quais páginas promover nas classificações de pesquisa. Eles estudam como os usuários interagem com os resultados para determinar quais páginas são melhores e mais úteis para os pesquisadores.

 

Para fazer isso, o Google usa uma ferramenta de inteligência artificial chamada RankBrain. Os fatores de envolvimento do usuário incluem:

 

Taxa de cliques (CTR): porcentagem de pessoas que clicam no resultado de um mecanismo de pesquisa quando lhes são apresentadas.

 

Tempo no site: o tempo que uma pessoa passa em uma página depois de encontrá-la por meio de uma pesquisa

 

Taxa de rejeição: a porcentagem de pessoas que saem rapidamente após visualizar uma única página em um site encontrado por meio de pesquisa

 

Esses indicadores ajudam os mecanismos de pesquisa a determinar se um resultado de pesquisa é valioso para os usuários. Otimize o conteúdo do seu site e extratos de pesquisa para fortalecer o envolvimento do usuário.

 

  • Use gráficos e sites de alta qualidade.
  • Use uma arquitetura de site isolada, natural e fácil de seguir.
  • Use links internos para ajudar os usuários a navegar no seu site com facilidade.
  • Use as metatags de SEO para criar títulos e descrições atraentes para os snippets de resultados de pesquisa.
  • Otimize seu conteúdo para trechos apresentados na pesquisa.

 

6. Conteúdo de alta qualidade

Outra maneira de aumentar o envolvimento do usuário em seu site e atrair os mecanismos de pesquisa é postar regularmente conteúdo de alta qualidade em seu site. O conteúdo é um dos fatores mais importantes no ranking de SEO.

 

Os mecanismos de pesquisa desejam fornecer os melhores resultados possíveis. Assim, eles atribuem a melhor classificação aos sites cujo conteúdo é bem documentado, detalhado e bem projetado.

 

O novo conteúdo atrai rastreadores de pesquisa e aumenta a visibilidade da pesquisa, fornecendo a você algo valioso para compartilhar com seu público, tornando-o uma estratégia ganha-ganha para suas estratégias de marketing.

 

Comece usando o mapeamento de conteúdo para definir um plano para o seu site, que inclui a criação de páginas de destino e o conteúdo contínuo do blog.

9 fatores rankeamento google

7. Palavras-chave corretas

Não entre na criação de conteúdo. Crie conteúdo estrategicamente, fazendo uma pesquisa por palavra-chave para informar quais palavras-chave devem ser segmentadas e quais tópicos devem ser abordados.

 

A pesquisa de palavras-chave é o processo de identificação de palavras-chave populares que podem direcionar tráfego para seu site.

 

Determine como o Google classifica as palavras-chave para ajudar você a escolher as melhores palavras-chave para o seu conteúdo.

 

Segmente palavras-chave de cauda longa. À medida que a pesquisa por voz se torna mais popular, mais e mais pessoas procuram frases e perguntas longas. Use esse tipo de pesquisa procurando por palavras-chave de cauda longa (palavras-chave de três palavras ou mais), além de palavras-chave genéricas mais curtas para segmentar em seu conteúdo.

 

Entenda a intenção de pesquisar por palavra-chave. A intenção da pesquisa é o motivo pelo qual uma pessoa pesquisa (ou seja, porque deseja aprender, comprar ou navegar em alguma coisa). O Google melhora a classificação das páginas cujo conteúdo corresponde à intenção da palavra-chave. Portanto, certifique-se de entender como diferentes tipos de palavras-chave estão associados a diferentes tipos de conteúdo, em diferentes partes do funil de compras.

8. Conteúdo otimizado

Para atrair mecanismos de pesquisa para o seu conteúdo, você também precisa considerar os fatores de SEO na página. A referência na página consiste em otimizar cada página do seu site de acordo com uma palavra-chave de destino. Ao otimizar seu conteúdo para uma palavra-chave específica, você informa aos mecanismos de pesquisa o conteúdo da página e sua classificação.

 

Atribua uma palavra-chave exclusiva a cada página do seu site. (Nunca atribua a mesma palavra-chave a várias páginas do seu site, pois isso pode arriscar confundir os mecanismos de pesquisa e causar a canibalização de palavras-chave). Em seguida, otimize o conteúdo para as melhores práticas de SEO na página.

9. Dados estruturados

Outra maneira de dizer aos mecanismos de pesquisa o que é uma página da Web (para classificá-la de acordo) é usar dados estruturados.

 

Dados estruturados, ou marcação de esquema, são microdados adicionados ao back-end de uma página da web que informa aos mecanismos de pesquisa como classificar e interpretar o conteúdo (por exemplo, identificar um endereço comercial, um título de livro, uma receita ou um outro tipo de informação).

 

Essas informações foram úteis? Compartilhe conosco a sua opinião!

Sobre o Autor

Luiz Albuquerque
Luiz Albuquerque

Ajudo empreendedores a terem presença online sem altos investimentos.